Ministério Público e FPF marcam vistoria no Silvio Porto e descartam adiar jogo

Audiência entre MP e FPF sobre a liberação dos estádios da segunda divisão aconteceu em João Pessoa (Foto: Divulgação / MPPB)
Durante a reunião realizada na última quarta-feira (12) entre o Ministério Público da Paraíba e a Federação Paraibana de Futebol, os representantes da Comissão Estadual de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios decidiram realizar uma nova vistoria no Estádio Sílvio Porto, em Guarabira, na próxima sexta-feira (14), para verificar as condições de segurança para a realização dos jogos da 2ª divisão do Campeonato Paraibano, que começa neste final de semana.

Em um primeiro momento, a arena foi reprovada, mas o prefeito da cidade, Zenóbio Toscano, compareceu à reunião e garantiu que as exigências da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros já foram atendidas e o Sílvio Porto pode ser reaberto para os jogos da Desportiva Guarabira. O presidente do clube chegou a cogitar adiar a partida até que o local esteja pronto.

De acordo com o presidente da FPF, Amadeu Rodrigues, mesmo que o estádio não passe na vistoria, o jogo não será adiado e uma das opções, inclusive, seria inverter o mando de campo para o Internacional-PB e realizar o jogo no Teixeirão, em Santa Rita.

- Vamos à Guarabira na sexta-feira e se o estádio não for aprovado, transferimos a partida para o Teixeirão ou para o Tomazão. O que não podemos é adiá-la - explicou Amadeu.

Caso o “Ninho do Azulão” seja liberado, o jogo de estreia da Desportiva Guarabira acontece no domingo (16), às 16h, contra o Internacional-PB.

Postar um comentário